The Strangest of the Things

I believe that by now you all have watched – or started to – the 3rd season of Stranger Things. I know the rules, this article is spoiler free, so you can go ahead and keep reading it without any concern. Many things have been said about the presence of Universal Grammar (UG) in both first and second language acquisition process. Watching Netflix’s series Stranger Things may help you notice that UG is not one hundred percent responsible for the success of a language acquisition. Leia mais

CPD Is Also For Di-ver-si-ty

For those who have been following the Mattiello Consultoria Acadêmica, the slogan ‘saia do status quo’ (get out of the status quo) is no longer a mystery nor an unfamiliar sentence. It means leave the normality and conformism which for some English teachers this has been hard even though the scenario may give us an opposite impression at a first glance. At a first glance. Leia mais

Please, Draw the Word ‘House’

There is a great chance you already asked your students to draw or maybe designed a lesson which students were required to show off their artistic skills regardless their age. The value of such activity when teaching infants is commonly known, they love drawing and it is a tool to check whether the students are in accordance with what has been taught. As for adult learners, they are more hesitant in performing this kind of task, but the reason for applying it is similar. To check their understanding. However, there are linguistic reasons for having students draw and they are related to their acquisition of a foreign language. Leia mais

,

Por que as Atividades de Gramática estão Obsoletas?

Uma das funções que tenho em meu centro de formação de professores de língua inglesa é analisar e otimizar as atividades propostas pelos educadores. O objetivo é fazer com que os professores sejam críticos do seu próprio trabalho, mas sem criar neuras ou se diminuírem achando que são os piores professores da face da Terra. Ao contrário, a intenção é fazer com que as atividades estejam muito mais relevantes e eficazes para a aquisição de língua inglesa e não somente usar o que o material didático aponte naquela página do dia. Leia mais

MCA We’re Open

,

A Tríplice Coroa da Proficiência Enferrujada

Por mais que a gente possa tentar disfarçar, não tem como escapar da verdade dolorida que nosso país tem uma posição pífia no quesito performance em língua inglesa. Há anos não passamos das colocações baixíssimas. Mas os motivos para isso estão bem em nossa frente, só que insistimos em negá-los. Leia mais

,

O Presente Perfeito para o Tempo Perfeito

Acredito que a grande maioria dos professores de inglês já ouviu os alunos, independente da faixa etária, reclamarem que o tal present perfect é difícil e que não temos esse tempo verbal em português e, por isso, é muito mais complicado de se entender e fazer com que os alunos entendam. Talvez esteja na hora de mudar esse cenário (comentário) e a tecnologia pode ser a ferramenta fundamental para isso. Leia mais

,

A Musicalidade do Empoderamento Feminino em Sala de Aula

Infelizmente, vivemos num país em que as mulheres sofrem muito com o comportamento inadequado de muitos homens e, até mesmo, de outras mulheres. Como professores, faz parte de nossa responsabilidade abordar esse assunto com maturidade em sala de aula. Na posição de professores de línguas, somos responsáveis por levar aos alunos materiais atuais em língua inglesa para que os alunos possam refletir sobre esse tema. Uma maneira sensacional de se trabalhar o empoderamento feminino em sala de aula é usando nada mais, nada menos que as músicas dos Beatles. Leia mais

The Traps Of EFL Classes

Nostalgia. As one gets older, it is easier to have this feeling since life experiences are such that books could be written about each moment. The first kiss, first love, a surprise birthday party, moments with parents and loved ones, travels, every person tends to be nostalgic and bring back the pleasing sentiment to compare them with current situations. Although this might seem hard to be avoided, for teachers nostalgia is a dangerous trap linked to cognitive bias, hindering the effectiveness of our classes. Leia mais